PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Terça-feira, 02 de setembro de 2014
   |   
GOOGLE NO SITE

  / Notícias

05/01/2012 09h02 - Atualizado em 05/01/2012 10h17
Dois homens morrem em acidente de trânsito
Vítimas ocupavam carros diferentes, mas são da mesma cidade

Infonet
12 Comentários  


Corpos foram liberados para sepultamento nesta manhã (Foto: Portal Infonet)
Duas pessoas morreram em uma colisão frontal ocorrida no final da tarde desta quarta-feira, 4, no município de Boquim. As duas vítimas fatais conduziam os veículos que ocupavam e seguiam em sentido oposto. No acidente, morreram o motorista Samuel Natal de Jesus, 38, e o funcionário público Márcio José Borges Pinto, 31, que se conheciam. Ambos residiam na cidade de Pedrinhas.

De acordo com amigos de ambas as vítimas, Samuel conduzia um Honda City de cor grafite, cuja placa não foi revelada, e seguia na pista no sentido Boquim/Pedrinhas, enquanto Márcio era condutor de um Prisma de cor verde, de placa também não revelada, e seguia em sentido contrário.

O funcionário público Roberto Paulo dos Santos, amigo de ambas as vítimas, informou que Márcio teria perdido o controle da direção e, nas imediações do povoado Alfavaca, já no município de Boquim, invadiu a contramão de direção quando colidiu de frente com o Honda City conduzido por Samuel.

Roberto Paulo responsabiliza o poder público pela falta de infraestrutura daquela rodovia estadual. "É conhecida como a rodovia da morte. Proporcionalmente, aquela estrada mata mais que a BR", comenta o funcionário público. "É uma pista sinuosa, sem acostamento, com muita ladeira e curvas. Ali, um acidente sempre é fatal", conta o amigo das vítimas.

Ambas as vítimas chegaram a ser socorridas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas com vida ao Hospital Regional de Boquim, onde ambos faleceram. Os corpos foram resgatados e chegaram ao Instituto Médico Legal (IML) aos 45 minutos da madrugada desta quinta-feira, 5, e liberados para sepultamento antes das 7h desta quinta.

Imprimir | Comunicar Erros | Link

Esta matéria recebeu 12 comentário(s)


carlos
05/01/2012- 12h19
Fato triste para minha Boquim,pior que isso não é um caso novo.Já se vem de anos,perdir amigo nessa rodovia e evito trafegar por aí.Rodovia da morte,rodovia da tristeza,rodovia abandonada, hj Boquim-Pedrinhas de luto mais uma vez.


» responder » denunciar
Correção
05/01/2012- 15h26
Os dois maravam em Pedrinhas!!!

LUCIANA
05/01/2012- 14h22
REALMENTE É UM FATO LAMENTÁVEL, CONHECIA AMBOS E SEI O QUANTO OS SEU FAMILIARES ESTÃO A LAMENTAR, MAS FAZER O QUE? CHORAR!!! É A ÚNICA MANEIRA DE ESTANCAR A DOR DE TER PERDIDO MAIS UMA VEZ UM ENTE QUERIDO. QUANTO A NÓS, SÓ NOS RESTA REZAR E PEDIR SORTE A DEUS, POIS DE ESPERAR JÁ ESTAMOS CANSADOS, MUDA TUDO...MAS SÓ NUNCA VAI MUDAR O DIA DE ONTEM, POIS ELE TEVE SEU DIA MARCADO, TRÁGICO PARA NÓS PEDRINHENSES. DESCANSE EM PAZ MARCINHO E SAMUEL!!!


» responder » denunciar

Alexandre
05/01/2012- 14h44
Meus sentimentos a família. A rodovia não é boa mesmo. Por esta razão é que os condutores deveriam trafegar em velocidade reduzida. Não é isso que se vê, as pessoas realmente exageram na velocidade. Vão com Deus.


» responder » denunciar

indio emplacador do ciretran lagarto
05/01/2012- 15h14
e lamentavel. ate quando vamos ter que ouvir noticias de acidente, de vidas sendo ceifada por morte de acidente, meu povo vamos ter mas cuidado na hora de dirigir,


» responder » denunciar

Marcelo de Pedrinhas (Revoltado)
05/01/2012- 15h50
A rodovia Boquim/Pedrinhas é conhecida como a 'RODOVIA DA MORTE' é lamentável assistirmos frequentimente a perda de pessoas amigas, familiares e os responsáveis não tomam nenhuma providência. Há muitos anos que a população Boquim e Pedrinhas vem pedindo ao governo do estado, não só deste governo, mas de todos que já passaram, só que não fizeram... o governo atual está sendo conivente de seguir o mesmo caminho, só assistindo de camarote tantas vidas sendo ceifadas. Me recordo que recentimente a dep. estadual Goretti Reis apresentou uma indicação na Assembéia Legislativa solicitando a ampliação da referida rodovia. Resultado: ninguém levou em consideração. taí! dois pais de família se foram. QUEM SERÁ O PRÓXIMO????? Com a palavra o Governo do estado!!! LAMENTÁVEL!!!!!!!!


» responder » denunciar

Sr. Antônio de Pedrinhas
05/01/2012- 16h00
Faço um apelo aos prefeitos de Boquim, Pedrinhas e da região Sul e Centro Sul, de cobrar do governador a ampliação desta rodovia o mais rápido possível. É CASO DE URGÊNCIA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! OU A VIDA NÃO É IMPORTANTE?????????


» responder » denunciar

Rogério
05/01/2012- 16h03
A matéria se refere ao SAMU que fez o socorro das vítimas mas na verdade foram as ambulâncias de Pedrinhas. Esse governo é só enrolação com esse SAMU, gasta uma fortuna (pra onde vai esse dinheiro não sei) e a população é quem sente na pele. FORA corruPTos.


» responder » denunciar
Indignado
05/01/2012- 17h23
Pois é Rogério quem prestou socorro as vitas foram as ambulâncias

T?cnico em Agroind?stria
05/01/2012- 19h46
Realmente essa rodovia ? muito perigosa, sempre vem tirando vidas de pessoas.


» responder » denunciar

Técnico em Agroindústria
05/01/2012- 19h47
Realmente essa rodovia é muito perigosa, sempre vem tirando vidas de pessoas.


» responder » denunciar

Cleia
05/01/2012- 21h47
estou muito triste com a noticia pois eram muito amigo da familia Gabriel pedrinhas. meus sentimneto pela familia do Samuel.


» responder » denunciar

COMUNICAR ERRO NA MATÉRIA

Seu Nome
Email
Comentários

» comente esta matéria

AVISO:

1 - Ao comentar uma matéria é registrado o IP (número de registro) do computador de onde foi enviado.

2 - Também é armazenado no banco de dados, o EMAIL de quem escreve

3 - A responsabilidade do que é escrito é de seus autores ( proprietários do email e do IP)

4 - Comentários com ofensas pessoais ( xingamentos ), acusações, racistas, etc. Não serão permitidos.

5 - Não serão mais permitidos comentários que não tratem diretamente da matéria título.

6 - Caso sinta-se ofendido por um comentário, solicite sua retirada pelo email/MSN contato@lagartense.com.br ou pelo número (79)9945-9820 - Retiraremos imediatamente.

7 - Caso deseje fazer uma denúncia ou matéria, envie para contato@lagartense.com.br com suas devidas identificações, que publicaremos.

***
NOME *
EMAIL *
( Seu Email não será divulgado )
COMENTÁRIO *
Enviando ...
últimasNotícias
» 02/09/2014 | 15h28
Plenário lotado: vereadores aprovam piso dos agentes comunitários
» 02/09/2014 | 08h12
Em Itabaiana, dupla é presa com revólveres, luvas e peruca
» 02/09/2014 | 08h01
Treze e Brasília recebem desfiles cívicos do 7 de Setembro
» 02/09/2014 | 07h57
PC de Lagarto prende homem no município de Tobias Barreto
» 02/09/2014 | 07h43
PM apreende adolescente após assalto no comércio de Tobias Barreto
» 02/09/2014 | 07h31
Assista a trechos do DVD oficial de Unha Pintada Show
» 02/09/2014 | 07h27
Obras do mercado contam com 120 homens em trabalho intensivo
» 01/09/2014 | 14h58
Expressinho comemora 38 anos e homenageia Lu do Bar
» 01/09/2014 | 11h45
Com dever cumprido fora de casa, classificação é detalhe para Confiança
» 01/09/2014 | 11h42
Assista aos gols da rodada 2 da Geração Futuro Champions League
» 01/09/2014 | 11h41
Caçula em SE e com os pés no chão, Independente busca sucesso na A2
» 01/09/2014 | 11h26
Rock e sertanejo se unem para fechar a 10ª edição do Festival de Inverno em Salvador
» 01/09/2014 | 10h36
Alvejado com quatro tiros, homem morre no Jenipapo
» 01/09/2014 | 10h36
Empresa oferece vagas de emprego
» 01/09/2014 | 10h27
Lagartense Silvio Romero ganha exposição em Aracaju
» 01/09/2014 | 10h21
Homem que seguia para Lagarto morre em acidente em rodovia
» 01/09/2014 | 10h15
Diego Costa faz dois e ajuda o Chelse em goleada; veja vídeo
» 01/09/2014 | 10h13
Acidente entre carreta e veículo de passeio deixa um morto em Arauá
» 01/09/2014 | 10h00
Vítimas de acidentes em Lagarto não resistem e morrem
» 01/09/2014 | 09h21
Alvejado com quatro tiros, homem morre no Jenipapo
Veja + Notícias
maisLidas
PUBLICIDADE


| © Copyright 2012 - Todos os Direitos Reservados |
Reportagem: (79) 9945-9820 ou 3631-7357    |   Comercial: (79) 9902-8663 ou 3631-7357