PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Segunda-feira, 16 de janeiro de 2017
   |   
GOOGLE NO SITE

  / Notícias

04/12/2015 10h36 - Atualizado em 04/12/2015 10h41
As camisas que eu visto (uma crônica politicamente correta)

Assuero Cardoso
2 Comentários  


Sexta à noite e sábado pela manhã, fui protagonista (ou teria sido "vítima"?) de dois fatos literal e curiosamente hilários. No primeiro, meio confuso, quase perco o bom-humor, coisa rara acontecer. No segundo, percebi o quanto são ridículas e estúpidas as reações de pessoas politicamente fanáticas.
Sexta-feira, 17, por volta das dezenove horas, recebo a ligação de amigos (Obrigado Senhor, por tê-los) para bater papo e tomar umas cervejas num dos bares do Forródromo, isso é comum na minha vida boêmia de final de semana. Imediatamente fui ao guarda-roupa para pegar a camisa que usaria e, como de costume, pego a primeira que encontro em cima das outras, na gaveta.

Tranquilo, sorridente e de bem com a vida, sigo a Rua Nilo Romero, onde oro e que dá acesso a Praça Filomeno Hora, e me deparo com uma multidão de aderentes e eleitores do atual prefeito Valmir Prefeito, o qual tenho o maior respeito. Até aí nada de surpreendente quando de repente do meio da praça ouço vozes de duas ou três pessoas: - Olha aí, o professor é nosso! O professor é 20! Dá-lhe professor! Dá-lhe 20!

Surpreso e atônito não entendi, a princípio, o motivo de tal manifestação, mas segundos depois, olhando para o meu próprio "umbigo", percebi que havia vestido sem intenção alguma (a não ser a de cobrir o meu sensual e cabeludo tórax) uma camisa vermelha. Atravessei a praça rumo ao Forródromo, "democraticamente" rindo de tudo aquilo, da situação e do mundo.

No sábado, pela manhã, necessitei fazer alguns pagamentos no comércio, lembrei do momento vivido na noite anterior e propositadamente, vesti uma camisa amarela, cor-símbolo do partido do candidato Lila, comerciante, o qual também noutro grande consideração. Para a minha surpresa, quase no mesmo local, sem esperar, recebo um amistoso tapa nas costas de mais um desses eleitores, com o seguinte texto: - Valeu professor! É 45 ou não é? Essa camisa é nossa!

Sorrindo por dentro, continuei a caminhada e pensei cá com os meus botões: "Oxente! As camisas são minhas, eu visto quando eu quiser e, detalhe, foram pagas avista com o suor do meu trabalho de educador".

___________________________________________

Veja também
--------------------------------------------------------------------------------------
Recortes
Da sanidade da infância
--------------------------------------------------------------------------------------

Assuero Cardoso

Professor, poeta e ocupante da cadeira nº 2 da Academia Lagartense de Letras.

Os textos são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam necessariamente a opinião deste site.

 

 

 

Imprimir | Comunicar Erros | Link

Esta matéria recebeu 2 comentário(s)


Josival Souza
09/12/2015- 21h39
Educadores que por sinal, são muito maltratados pelos nossos ?inteligentes? políticos... No entanto, há de se compreender, porque quanto mais alienado for um povo, sem instrução e sabedoria, sendo o último adjetivo mais grave que o primeiro, mais fácil será de manipulá-lo!


» responder » denunciar

eleitor lagartense
21/02/2016- 18h24
Todos desejam um eleitor a sua altura. O problema: não lhe consultaram.


» responder » denunciar

COMUNICAR ERRO NA MATÉRIA

Seu Nome
Email
Comentários

» comente esta matéria

AVISO:

1 - Ao comentar uma matéria é registrado o IP (número de registro) do computador de onde foi enviado.

2 - Também é armazenado no banco de dados, o EMAIL de quem escreve

3 - A responsabilidade do que é escrito é de seus autores ( proprietários do email e do IP)

4 - Comentários com ofensas pessoais ( xingamentos ), acusações, racistas, etc. Não serão permitidos.

5 - Não serão mais permitidos comentários que não tratem diretamente da matéria título.

6 - Caso sinta-se ofendido por um comentário, solicite sua retirada pelo email/MSN contato@lagartense.com.br ou pelo número (79)9945-9820 - Retiraremos imediatamente.

7 - Caso deseje fazer uma denúncia ou matéria, envie para contato@lagartense.com.br com suas devidas identificações, que publicaremos.

***
NOME *
EMAIL *
( Seu Email não será divulgado )
COMENTÁRIO *
Enviando ...
últimasNotícias
» 16/01/2017 | 17h40
Lagarto FC poderá embolsar R$ 3,1 milhões com venda de Diego Costa para China
» 16/01/2017 | 16h28
Polícia civil prende homem por tráfico de drogas
» 16/01/2017 | 11h16
Queda do nível da Barragem Dionísio Machado preocupa população
» 16/01/2017 | 11h08
Aparelho de TV cai e mata criança em Aracaju
» 16/01/2017 | 10h12
HOJE: Cadastramento, recadastramento do Bolsa Família iniciam nesta segunda-feira
» 16/01/2017 | 09h11
Artista plástico morre ao cair de penhasco enquanto fazia selfie
» 16/01/2017 | 08h54
Mulher que exibiu amante do marido nua em SP desabafa:"Estou nem aí"
» 16/01/2017 | 08h37
Gravações mostram conversas entre políticos e chefe de facção em Manaus
» 16/01/2017 | 02h02
Rebelião mais violenta da história do RN tem 26 mortos, diz governo
» 16/01/2017 | 01h54
Pistola de policial assassinado estava com suspeitos mortos em confronto
» 16/01/2017 | 01h44
"Herdei uma dívida de 12 milhões de reais"
» 16/01/2017 | 01h20
Agricultores familiares receberão primeira parcela do Garantia Safra nesta quarta
» 16/01/2017 | 01h06
Itabaiana estreia com vitória sobre Lagarto
» 16/01/2017 | 01h01
Líderes do Chelsea tentam evitar a saída de Diego Costa
» 16/01/2017 | 00h54
Cadastramento, recadastramento do Bolsa Família iniciam nesta segunda
» 16/01/2017 | 00h44
Antonio José Monteiro Rocha e "O conserto do relógio"
» 15/01/2017 | 23h58
Missão: homem procura por mãe e irmãos em Lagarto
» 15/01/2017 | 19h36
AO VIVO: Assista ao culto da Igreja Batista Betel
» 14/01/2017 | 12h37
Fale inglês pagando bem menos!
» 14/01/2017 | 12h02
Travesti furtada por cliente em motel se vinga postando fotos na web
Veja + Notícias
maisLidas
PUBLICIDADE






| © Copyright - Todos os Direitos Reservados |
Reportagem: (79) 9945-9820    |   Comercial: (79) 9902-8663