PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Terça-feira, 03 de maio de 2016
   |   
GOOGLE NO SITE

  / Notícias

15/01/2014 07h38 - Atualizado em 15/01/2014 08h18
Mais de um mês do desaparecimento de Débora Mirachi

SE Notícia
0 Comentários  


A polícia sergipana continua investigando o caso do desaparecimento da estudante de direito Débora Mirachi, 33 anos, que nesta segunda-feira, 13, completa um mês e um dia desaparecida.

O caso [ainda não foi conluído] está sendo investigando pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa Física (DHPP), através da diretora do DHPP, a delegada Tereza Simony. Segundo ela, até o momento mais de 15 pessoas já foram ouvidas, entre familiares, amigos e até o porteiro do prédio onde a vítima reside.

Para não atrapalhar as investigações, a delegada preferiu não passar maiores detalhes do caso, mas adiantou que todas as hipóteses estão sendo levantadas, inclusive a possibilidade da universitária estar viva.

Equipes do Corpo de Bombeiros já suspenderam as buscas em alto mar.

Entenda

A universitária desapareceu no dia 12 de dezembro de 2013, quando saiu de casa para dar uma volta. O veículo de Débora, um Cross Fox, foi encontrado pela própria família, no final da rodovia Inácio Barbosa [antiga rodovia José Sarney], no Mosqueiro, em Aracaju. O veículo estava trancado, sem as chaves e com todos os pertences da vítima: documentos e cartões bancários.

Quem souber de informações que levem ao paradeiro de Débora Mirachi, devem ligar para o disque-denúncia da Polícia Civil pelo 181.

Imprimir | Comunicar Erros | Link

» Ninguém comentou ainda, seja o primeiro !

COMUNICAR ERRO NA MATÉRIA

Seu Nome
Email
Comentários

» comente esta matéria

AVISO:

1 - Ao comentar uma matéria é registrado o IP (número de registro) do computador de onde foi enviado.

2 - Também é armazenado no banco de dados, o EMAIL de quem escreve

3 - A responsabilidade do que é escrito é de seus autores ( proprietários do email e do IP)

4 - Comentários com ofensas pessoais ( xingamentos ), acusações, racistas, etc. Não serão permitidos.

5 - Não serão mais permitidos comentários que não tratem diretamente da matéria título.

6 - Caso sinta-se ofendido por um comentário, solicite sua retirada pelo email/MSN contato@lagartense.com.br ou pelo número (79)9945-9820 - Retiraremos imediatamente.

7 - Caso deseje fazer uma denúncia ou matéria, envie para contato@lagartense.com.br com suas devidas identificações, que publicaremos.

***
NOME *
EMAIL *
( Seu Email não será divulgado )
COMENTÁRIO *
Enviando ...
últimasNotícias
» 03/05/2016 | 17h19
"Sergio Moro de Lagarto": quem é o juiz que bloqueou o WhatsApp no Brasil
» 03/05/2016 | 16h51
Moacir Poconé: Respeitem os papa-jaca!
» 03/05/2016 | 16h40
Professores rejeitam proposta de parcelamento
» 03/05/2016 | 16h10
Homem sofre tentativa de homicídio por arma branca
» 03/05/2016 | 15h48
Rodar com "cinquentinhas", só depois de regularizadas
» 03/05/2016 | 15h19
Justiça derruba bloqueio e aplicativo deve voltar
» 03/05/2016 | 14h44
Resumo da sessão desta terça-feira
» 03/05/2016 | 11h02
Criador do WhatsApp: Não vamos por a segurança de 1 bilhão em risco
» 03/05/2016 | 10h57
Mega Curso prepara você para novos Concursos em Sergipe
» 03/05/2016 | 09h25
SEMANA DO MEI
» 03/05/2016 | 07h32
Desembargador nega recurso do WhatsApp e mantém bloqueio de 72h
» 03/05/2016 | 07h17
Jovem é morto a tiros em Itabaianinha
» 03/05/2016 | 07h00
Whatsapp: advogado pede punição administrativa para juiz
» 03/05/2016 | 06h52
Princípio de incêndio é controlado pelo Corpo de Bombeiros em Lagarto
» 03/05/2016 | 06h35
Banese e Banese Card realizam Liquída Dívidas em Lagarto
» 03/05/2016 | 06h22
Hackers atacam sites do TJ e da prefeitura de Lagarto após bloqueio do WhatsApp
» 02/05/2016 | 17h27
Veja como driblar o bloqueio do WhatsApp no Brasil
» 02/05/2016 | 17h08
WhatsApp é bloqueado no Brasil!
» 02/05/2016 | 15h38
Lagarto: menor é raptada no caminho da escola e estuprada
» 02/05/2016 | 10h27
Comissão do impeachment ouvirá procurador, juiz e advogado
Veja + Notícias
maisLidas
PUBLICIDADE


| © Copyright - Todos os Direitos Reservados |
Reportagem: (79) 9945-9820    |   Comercial: (79) 9902-8663